A música da copa.

By Música

Entre o futebol e música existem mais relações do que a gente pode imaginar. Em especial nas copas do mundo nossa memória pode ficar ligada a uma comemoração, uma jogada ou gol inesquecível e até uma música.

Todas as copas do mundo têm a sua música oficial, por isso, selecionamos algumas das canções mais conhecidas que embalaram edições do campeonato mais aguardado pelos amantes do futebol a cada 4 anos.

 

1 – Copa 2014 – We Are One – Pitbull feat. Jennifer Lopez & Claudia Leitte.

Bastante criticada na abertura, a música oficial da FIFA para o evento estava longe de ser uma tradução dos ritmos e tradição da música brasileira.

Sem vínculo com o País, a participação de Claudia Leitte na canção foi alvo de comentários pesados, pois a única artista brasileira no tema do campeonato realizado em terras brasileiras cantava em apenas 15 segundos.

Em tese, percussionistas brasileiros do Olodum aparecem no vídeo oficial da música, mas é difícil até de precisar se esses músicos realmente gravaram a canção porque não há nenhuma menção de crédito no vídeo.

 

2 – Copa 2010 – Shakira – Waka Waka.

Assim como no tema de 2014, já em 2010 a FIFA não parecia muito preocupada com a relação entre a música oficial da copa e o país onde os jogos eram disputados, na ocasião a África do Sul.

Imagine que legal seria termos um artista desconhecido do grande público levando a mensagem do povo africano para o planeta? Não que a música de Shakira não seja boa, muito pelo contrário, mas deixar um pouco o marketing de lado e apostar em artistas locais poderia ter sido uma ótima para todo mundo.  Para a África, que teria uma chance rara em divulgar sua cultura e para nós, audiência, que através do futebol poderíamos ter conhecido um pouco mais a cultura daquele país.

 

3 – Copa 1998 – Ricky Martin – La Copa de La Vida.

Parece que a tradição de não se usar artistas locais para os temas da Copa começou há bastante tempo.

Na edição da França, o artista escolhido para simbolizar o campeonato em uma música foi o porto-riquenho Ricky Martin. Mais uma vez perdemos a chance de conhecer a cena musical da França, mas é verdade que ao som de Go Go Go, Ale Ale Ale, ninguém conseguia ficar parado.